sábado, 21 de março de 2015

Putz a quanto tempo não escrevo aqui.
Em partes porque a falta de tempo tem me consumido e em partes porque ás vezes (quase sempre) não me sinto mais parte disso.
Entrei pra faculdade e odiei o curso, mas por sorte do destino passei na federal pouco tempo depois e lá fui eu sonhando com dias melhores... bem, ainda não converso muito com o pessoal e apesar da haver caras extraordinariamente lindos, ninguém veio falar comigo, me sinto horrível.
O trabalho tem sugado todo o pouco de energia que me resta resultado em cansaço extremo, faltas constantes as aulas e trabalhos acumulados. Preciso me dedicar mais a faculdade, mas o que antes para mim era um sonho, hoje me causa desânimo. Definitivamente não me entendo, e me odeio por nunca estar satisfeita com nada.
Deve ser essa coisa de eu achar que "depois que eu conseguir isso, quem sabe minha vida não mude, eu pare de me sentir um lixo completo e até encontre alguém que abra as cortinas e deixe o sol entrar..." mas isso não acontece. Não acontece porque o problema é comigo e não importa quantas coisas mudem e aconteçam eu sempre vou continuar me sentindo do mesmo jeito... queria que tudo isso fosse uma grande mentira. Mas não é. E saber que minha felicidade depende de mim, me assusta, não tenho capacidade para tanto.
Por vezes sinto aquela velha vontade de desistir de tudo e voltar pra casa correndo me esconder, mas isso está fora de cogitação agora.
Preciso me organizar, começar a fazer as coisas da faculdade, frequentar todas as aulas e cuidar da minha saúde (que anda um cú), preciso dar um jeito antes que tudo desmorone sobre minha cabeça enquanto eu fico aqui vendo tudo passar.