sábado, 7 de fevereiro de 2015

Estou gorda. E por incrível que isso possa parecer, não estou surtando nem tentando vomitar ou me entupindo de laxantes. Estou apenas comendo mais. E estar nessa situação sem conseguir sequer reagir, me assusta.
No fim de semana passado fui a casa de uma conhecida e bem, depois de meses, me pesei. 48kg. A quanto tempo não via esse peso na balança. Na hora surtei e ela e minhas irmãs ficaram sem entender. Mas eu entendi, vocês entendem. Jurei pra mim nunca mais passar dos 46 e por 3 anos cumpri essa promessa. Naquele momento tudo estava perdido. Depois de alguns minutos, o desespero sossegou e isso me desespera, mas só por dentro. Aqui fora continuo a comer e a ignorar os fatos e os números, a ignorar minha vida por completo. Agora por exemplo, acabei de devorar um miojo e estou pensando no outro dentro do armário enquanto digito... gorda infeliz. 
Finalmente consegui a bolsa na faculdade, começo na segunda. Fiquei eufórica por conseguir (apesar de não ser para o curso que eu quero) já é um passo a mais. Pretendo mudar de curso, mas preciso fazer um semestre primeiro, regras do Prouni. Nem me importei tanto, afinal já estou lá.
Como nem tudo são flores (principalmente pra mim) precisei mudar de horário e para o meu setor não tinha vaga, então minha chefe me mudou de equipe, até ai ok. Fica no mesmo lugar e tudo. O problema é a chefe desse setor. Ela me odeia! No meu primeiro dia na empresa ela veio me dar sermão e desde então vive na minha cola... e olha que eu nem devia satisfações a ela. Não devia, agora devo. Estou com a leve impressão de que serei aniquilada. E não posso nem cogitar a ideia de sair de lá... estou um tanto enrolada.
O meu amigo sumiu e ... por mim que ele se foda. Sofri nos primeiros dias mas a comida e as preocupações tomaram o lugar dele por completo. Ando com a cabeça ruim, o estômago ruim, o intestino nem se fale. Obviamente fruto a minha alimentação digna de um obeso mórbido. Planejo fazer dietas todos os dias antes dormir, voltar a tomar sucos e chás ou uma vitamina para memória mas no outro dia de manhã me esqueço. Quando me lembro já é tarde, daí esqueço outra vez. Preciso resolver isso. Não sei se darei conta de além de continuar fazendo o que já faço, mudar de setor e fazer as duas coisas e ainda estudar pra faculdade. Isso me preocupa, mas é aquela velha história de não conseguir nem se preocupar (?!). Preciso dar conta de tudo e mais um pouco, sem surtar e ainda emagrecer os quilos que eu ganhei e mais alguns.... mas agora, digitar me cansa... como fui chegar a esse ponto.